07 maio 2017

Ato pela legalização da maconha acontece na Paulista e em vias do Centro de SP

A Sexta Marcha da Maconha seguiu por pista da avenida, entrou na Brigadeiro Luís Antônio em direção à Praça da Sé.

Manifestante posa em frente a cartaz pedindo a legalização da maconha em SP (Foto: Nelson Antoine/Estadão Conteúdo) 
 
Manifestantes protestavam na tarde deste sábado (6) em favor da legalização da maconha, na Avenida Paulista, em São Paulo. A Sexta Marcha da Maconha foi pacífica e terminou na Praça da Sé. 

Os manifestantes levavam cartazes, fantasias, e até uma muda da erva. Eles seguiram caminhada pela contramão, na pista sentido Consolação, entraram na Avenida Brigadeiro Luís Antônio, bloqueando totalmente a pista sentido Centro. Eles seguiram em direção à Praça da Sé, onde o ato terminou às 19h30. 

No Brasil, o direito a manifestações pela legalização das drogas está garantido desde 2011 por uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Entretanto, a substância ainda é proibida e sua liberalização sofre resistência no Congresso Nacional. 

  Marcha da Maconha seguiu pela Paulista (Foto: Kevin David/A7 Press/Estadão Conteúdo) 
Marcha da Maconha seguiu pela Paulista (Foto: Kevin David/A7 Press/Estadão Conteúdo) 
 
 
 
  
  Manifestante fantasiado de folha de maconha na Paulista (Foto: Leonardo Benassatto/Framephoto/Estadão Conteúdo) 
  Manifestante fantasiado de folha de maconha na Paulista (Foto: Leonardo Benassatto/Framephoto/Estadão Conteúdo) 



 
  Pé de maconha é alvo de fotos em ato na Paulista (Foto: Leonardo Benassatto/Framephoto/Estadão Conteúdo)
Pé de maconha é alvo de fotos em ato na Paulista (Foto: Leonardo Benassatto/Framephoto/Estadão Conteúdo) 
 
 
 
 
 
  Manifestante durante a Marcha da Maconha, na Paulista (Foto: Dario Oliveira/Estadão Conteúdo) 
  Manifestante durante a Marcha da Maconha, na Paulista (Foto: Dario Oliveira/Estadão Conteúdo)  


 
  Marcha da Maconha terminou na Praça da Sé (Foto: Newton Menezes/Futura Press/Estadão Conteúdo) 
Marcha da Maconha terminou na Praça da Sé (Foto: Newton Menezes/Futura Press/Estadão Conteúdo)