22 maio 2017

ESCOLA ESTADUAL BELA VISTA REALIZA 1º CONSELHO DE CLASSE PEDAGÓGICO 2017

Em 22/05/2017 - da Redação
Alunos, pais, professores e servidores administrativos analisam 
o primeiro bimestre 2017
 

Realizou-se dia 20/05/2017 o primeiro conselho de Classe Pedagógico na Escola Estadual Bela Vista. O evento foi proveitoso, pois permitiu uma análise conjunta dos segmentos que compõem a escola: alunos representantes de turmas, pais, professores, coordenação, orientação, secretaria e direção escolar.

Durante os trabalhos analisou-se frequência, disciplina e aproveitamento escolar e ainda a estrutura física e o trabalho da equipe, propondo-se sugestões para o aperfeiçoamento dos serviços prestados pela escola.

Confira imagens do evento:

Professora Neilde dos Passos (diretora) presidindo o Conselho


 
 Alunos repassando os relatórios da avaliação das turmas ao Conselho


 Alunos no momento de abertura do Conselho



Pais, alunos e professores na abertura do Conselho




 Alunos acompanhando os trabalhos do Conselho




 Professores analisando os resultados obtidos no período escolar




Professor Silas Araújo (Orientador Educacional) mediando as exposições dos relatórios das turmas 




 Alunos expondo os relatórios das turmas




 Equipe escolar ouvindo as colocações de pais e alunos

 



 Avaliação conjunta do processo escolar




 Alunos e pais atentos às colocações



  Alunos e pais atentos às colocações





Servidores atentos às colocações dos pais e alunos






 Professora Neilde dos Passos fazendo intervenção




 Qualidade na participação estudantil

07 maio 2017

Ato pela legalização da maconha acontece na Paulista e em vias do Centro de SP

A Sexta Marcha da Maconha seguiu por pista da avenida, entrou na Brigadeiro Luís Antônio em direção à Praça da Sé.

Manifestante posa em frente a cartaz pedindo a legalização da maconha em SP (Foto: Nelson Antoine/Estadão Conteúdo) 
 
Manifestantes protestavam na tarde deste sábado (6) em favor da legalização da maconha, na Avenida Paulista, em São Paulo. A Sexta Marcha da Maconha foi pacífica e terminou na Praça da Sé. 

Os manifestantes levavam cartazes, fantasias, e até uma muda da erva. Eles seguiram caminhada pela contramão, na pista sentido Consolação, entraram na Avenida Brigadeiro Luís Antônio, bloqueando totalmente a pista sentido Centro. Eles seguiram em direção à Praça da Sé, onde o ato terminou às 19h30. 

No Brasil, o direito a manifestações pela legalização das drogas está garantido desde 2011 por uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Entretanto, a substância ainda é proibida e sua liberalização sofre resistência no Congresso Nacional. 

  Marcha da Maconha seguiu pela Paulista (Foto: Kevin David/A7 Press/Estadão Conteúdo) 
Marcha da Maconha seguiu pela Paulista (Foto: Kevin David/A7 Press/Estadão Conteúdo) 
 
 
 
  
  Manifestante fantasiado de folha de maconha na Paulista (Foto: Leonardo Benassatto/Framephoto/Estadão Conteúdo) 
  Manifestante fantasiado de folha de maconha na Paulista (Foto: Leonardo Benassatto/Framephoto/Estadão Conteúdo) 



 
  Pé de maconha é alvo de fotos em ato na Paulista (Foto: Leonardo Benassatto/Framephoto/Estadão Conteúdo)
Pé de maconha é alvo de fotos em ato na Paulista (Foto: Leonardo Benassatto/Framephoto/Estadão Conteúdo) 
 
 
 
 
 
  Manifestante durante a Marcha da Maconha, na Paulista (Foto: Dario Oliveira/Estadão Conteúdo) 
  Manifestante durante a Marcha da Maconha, na Paulista (Foto: Dario Oliveira/Estadão Conteúdo)  


 
  Marcha da Maconha terminou na Praça da Sé (Foto: Newton Menezes/Futura Press/Estadão Conteúdo) 
Marcha da Maconha terminou na Praça da Sé (Foto: Newton Menezes/Futura Press/Estadão Conteúdo)

26 abril 2017

Ministério Público vai investigar suposta invasão de PMs em Delegacia no TO



Um inquérito civil foi aberto pelo Ministério Público Estadual (MPE) para investigar a suposta invasão de policiais militares na 2ª delegacia da Polícia Civil, em Paraíso do Tocantins. O objetivo é verificar se houve desvio de conduta ou falta funcional grave dos PMs.

Um grupo de policiais militares entrou na 2ª Delegacia de Polícia de Paraíso do Tocantins, na tarde de quinta-feira (20), para supostamente intimidar o delegado responsável pela investigação de dois militares presos por possível envolvimento com tráfico de drogas.

A portaria que autorizou a investigação foi publicada pelo Grupo Especial de Controle Externo da Atividade Policial (Gecep), nesta segunda-feira (24). O estado trata o caso como um caso isolado e diz que as polícias estão unidas.

Conforme o MPE, 20 policiais adentraram na delegacia “a pretexto de apenas entregar um ofício ao delegado responsável por àquela unidade policial […] O ofício informava que os militares que foram intimados para depor não seriam apresentados, em razão de ausência de tempo hábil para composição de escala”, disse o MPE.

O episódio aconteceu um dia depois de uma operação da Polícia Civil que prendeu dois militares dentro do batalhão da PM de Paraíso do Tocantins. As prisões temporárias foram feitas em cumprimento a mandado judicial. Na ocasião também foram apreendidas drogas e dinheiro falsificado.

Para os promotores, o caso deve ser investigado porque aparenta ter sido uma ação desproporcional e injustificável. “O 8º BPM da cidade mobilizou praticamente todo o seu efetivo do dia, cerca de vinte homens fortemente armados, a bordo de quatro viaturas, com o propósito de protocolizar um simples ofício.”

O Gecep solicitou ao comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar que encaminhe, em 15 dias, a relação dos militares escalados para o serviço de patrulhamento no dia 20 e a identificação das viaturas. Além disso, o delegado Cassiano Ribeiro Oyama e os funcionários presentes também devem ser ouvidos.

O G1 procurou a Polícia Militar para pedir um posicionamento sobre o caso, mas até a última atualização desta reportagem eles não haviam se posicionado. O governo do Estado disse que não irá se manifestar sobre o assunto.

Invasão na delegacia
Um grupo de policiais militares entrou na 2ª Delegacia de Polícia de Paraíso do Tocantins, na tarde desta quinta-feira (20), para supostamente intimidar o delegado responsável pela investigação de dois militares presos por possível envolvimento com tráfico de drogas. Um vídeo feito no local mostra os PMs armados com fuzis saindo da delegacia.
Em um áudio divulgado nas redes sociais, o delegado Cassiano Ribeiro Oyama conta que se sentiu coagido pelos militares. “Minha delegacia foi invadida por cerca de 20 policiais militares armados com fuzil […] perguntei: ‘porque você invadiu a minha sala?’ Ele disse: ‘você invadiu meu batalhão'”, diz em trecho do áudio. (G1)

06 abril 2017

SÃO MIGUEL: Ex-vereador Edilson do PT é sepultado em clima de comoção

- de Folha do Bico (Reprodução)

Foi sepultado na tarde desta quarta-feira, 5, o ex-vereador e atual secretário municipal de Esporte e Juventude de São Miguel do Tocantins, Edilson Ferreira dos Santos (PT), que foi assassinado na noite desta terça-feira, 4. Ele tinha 47 anos e morreu após ser baleado na porta de casa.

De acordo com a Polícia Militar, ele estava sentado na porta de casa quando foi surpreendido por um homem em uma motocicleta. O criminoso disparou três vezes contra e um tiro acertou o tórax da vítima. O suspeito fugiu após o crime.


Segundo a PM, o secretário foi socorrido e levado para um hospital na cidade de Imperatriz (MA), mas de acordo com o médico de plantão já teria chegado sem vida ao local. A polícia informou que fez busca pelos criminosos e que o local foi periciado.

Diversas autoridades, militantes do Partido dos Trabalhadores e populares acompanharam o velório e sepultamento. Líderes do PT como a deputada estadual, Amália Santana e o suplente de deputado federal Freitas do PT, compareceram para prestar as últimas homenagens a Edilson.

O comando do 9º batalhão da Polícia Militar e o setor de investigação da Polícia Civil estão em diligências para encontrar o suspeito de ter cometido o crime.


11 março 2017

SÃO MIGUEL/ESCOLA EST. BELA VISTA PROMOVE DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Em 09/03/2017 - Da Redação
Homenagem às Mulheres da Escola Estadual Bela Vista


Em clima de sofisticação, a Escola Estadual Bela Vista promoveu, neste 08 de março de 2017, o Dia Internacional da Mulher. Data de fundamental importância na busca da superação de preconceitos e injustiças contra o reconhecimento do papel exercido pelas mulheres na sociedade.

O Evento ocorreu na Biblioteca Monteiro Lobato, da Unidade Escolar, e foi idealizado pela Diretora Neilde dos Passos Almeida, a qual atribuiu aos homens da escola o papel de preparar o evento e, assim, homenagear as colegas de trabalho.

Graças aos trabalhos de toda a Equipe, foi possível realizar uma homenagem justa e comemorar o Dia Internacional da Mulher com as servidoras.

O Evento foi coordenado pelos Professores Francisco de Assis e Santo Pio, e ocorreu nos turnos matutino e vespertino, ao final do expediente. A programação foi breve, porém com um toque de requinte: momento de espiritualização, homenagens em áudio e vídeo, momento de registro em fotos; dinâmica do presente; lanche - mesa com frutas tropicais; um brinde com vinho (ou suco) à contínua valorização do papel da mulher e, por fim, entrega de lembranças e mensagens.

Confira imagens do evento:

Servidoras: Janete, Márcia, Rosilda, Marilene, Damásia, Neilde, Elza e Eline.



Servidoras: Márcia, Damásia, Irismar, Janete, Regina, Neilde, Maria, Lucivânia, Elza e Rosilda.



Em pose: Neilde, Rosilda, Marilene e Elane.



Professoras Marilene e Neilde.



Professoras Janete e Rosilda.



Servidores:Elza, Rafael, Santo Pio, Marilene, Rosilda, Damásia, Eline e Adilson.



Santo Pio: oração espontânea




Márcia Rejane - descontração.




Janete e Elza: recebendo o presente.




Servidoras à mesa: homenagens.

 


Santo Pio e Eline - parceria





  
Janete recebendo lembrança 





 Neilde recebendo lembrança




 Damásia recebendo lembrança

 



 Elane recebendo lembrança




 Regina recebendo lembrança




 Lucivânia recebendo lembrança




 Neilde registrando o momento




 Marilene recebendo lembrança





 Maria do Desterro recebendo lembrança




 Maria Elza recebendo lembrança





 


 


 

 
 
 

 

 

 
 
 



 Servidoras do turno vespertino registrando o momento




 Neilde registrando o momento




 Silvanete, Raimundo e Elza




 Madalena e sua neta




 Fabiana aguardando as homenagens
 



 Oração espontânea


 Silvanete recebendo o presente



 Socorro recebendo o presente





 Sandra recebendo o presente




Aila recebendo o presente



 Preparando o brinde


 

  Brinde especial ao Dia Internacional da Mulheres: contínua valorização





  Brinde especial ao Dia Internacional da Mulheres: contínua valorização




  Brinde especial ao Dia Internacional da Mulheres: contínua valorização
 



 Brinde especial ao Dia Internacional da Mulheres: contínua valorização