03 junho 2017

Axixá, Buriti, Luzinópolis, Sampaio e São Sebastião com pendências no Ministério da Educação


Destaque imagem 3 de junho de 2017 - de Folha do Bico (Reprodução) /Imagem ilustrativa (Da Web)

Todos os municípios brasileiros tiveram até o dia 30 de abril para enviarem as prestações de contas de 2016 referentes às aplicações dos recursos na educação. Mais de 30 dias se passaram e 5 Prefeituras do Bico constam como irregulares por ainda não terem enviado as informações.

Os dados são enviados para o Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (Siope) do Ministério da Educação (MEC). Os 109 municípios regulares com o envio ainda terão seus dados analisados pelo Siope, que verificará se a aplicação dos recursos ocorreram de forma correta.

Os municípios irregulares são: Axixá, Buriti, Luzinópolis, Sampaio, São Sebastião.

O principal objetivo do Siope é verificar se os prefeitos aplicaram 25% dos tributos arrecadados na educação.